Dicas para construção da obra

Poste

Alicerce

A base de tudo é o alicerce ou a fundação da casa, esta etapa deve ser executada com atenção para evitar rachaduras futuras na casa ou umidade, é primordial seguir estritamente o projeto estrutural da casa e realizar a vedação da estrutura antes de iniciar as paredes.

O primeiro passo é fazer a locação da casa, estrutura de madeira erguida por fora casa, até a altura do piso, onde serão marcadas a localização das sapatas e das vigas.

Com a locação pronta é hora de cavar as sapatas, a profundidade da sapata será de acordo com o solo, ou seja, deve ser cavado até chegar ao solo firme, dentro deste buraco é colocada uma caixa de madeira, a qual receberá a estrutura de ferragem, uma esteira e uma coluna, conhecido como pescoço, conforme as fotos.

Estrutura pronta é hora de concretar, para o Concreto usinado escolhemos a SUPERTEX, que atende no RS e SC e tem sede na Grande Florianópolis, esta empresa apresenta a melhor relação custo/benefício da região. Veja as fotos e do processo e das estruturas concretadas.

Com as sapatas prontas, passamos para as vigas, estruturas que utilizam como base as sapatas e servirão de base para todas as paredes da casa e também das colunas de sustentação da casa.

Primeiro é montado uma estrutura de madeira, que servirá de forma para receber o concreto, dentro destas formas são colocadas estruturas em ferro armado, tudo conforme o projeto estrutural da casa, onde são especificados a largura das vigas e o diâmetro do ferro a serem aplicados na estrutura. Vejam as fotos do processo de montagem das vigas.

Minha casa foi projetada com uma laje logo no piso, o que é chamado de laje do baldrame, ou seja, logo no alicerce da casa terá uma laje, desta forma a casa fica suspensa do chão, cerca de 40cm, o que, praticamente, elimina a umidade das paredes e reforça toda a estrutura da casa, veja as fotos da laje do baldrame, mais detalhes na página específica com dicas para montagem de laje.

Terminada a montagem das vigas e da laje, com a colocação de toda a ferragem, é hora de ligar novamente para o pessoal da SUPERTEX e concretar toda esta estrutura. O operador, da bomba de concretagem lança o concreto no local exato para o pedreiro e a concretagem fica pronta em cerca de 90 minutos.

Uma grande vantagem em segurança que encontrei na empresa SUPERTEX é o lacre dos caminhões, ou seja, seu concreto é pesado na empresa e o caminhão vem lacrado, este lacre só será rompido na presença do comprador e o número do lacre consta na nota fiscal, restando em credibilidade e transparência para o consumidor. Outro detalhe de qualidade é a limpeza final após a prestação do serviço.

Alvenaria

Esta fase da alvenaria deixa o dono da casa orgulhoso, a casa toma forma e cresce rápido, levantar as paredes é uma das etapas mais simples da obra, más que pode gerar complicações se não for bem executada. O profissional que executar este serviço deve erguer as paredes impreterivelmente conforme as linhas de medida, dentro do esquadro e prumo, que orientam a posição da parede na horizontal e vertical, respectivamente.

Depois da parede pronta é hora de posicionar as mangueiras para instalação elétrica e os canos para a instalação hidraulica, feito isto, vem o reboco, que finaliza a alvenaria e dá beleza e homogeneidade as paredes.

O reboco é uma etapa que deve ser executada após a construção da laje e do telhado e já pode ser considerado o início do acabamento da casa. Realmente nesta etapa a casa começa e ganhar em estética, todos aqueles encanamentos e mangueiras elétricas são cobertos e a parede fica lisinha. Em áreas onde serão colocadas cerâmicas o reboco deve ficar áspero para facilitar o assentamento.

Uma boa dica é deixar toda a tubulação pronta antes de rebocar, inclusive a tubulação de ar condicionado, que deve ser pensada nesta etapa para evitar quebradeira no fim da obra.

Laje

A montagem e concretagem da laje é uma etapa rápida e vistosa, porém significa uma etapa onde haverá um emprego financeiro bem relevante, nesta fase sua casa vai ganhando forma. Alguns cuidados são necessários nesta etapa, como a correta colocação das mangueiras de fiação, sem obstruir as pontas, e o escoramento adequado da estrutura, para evitar “barrigas” e rachaduras.

Existem, basicamente, dois tipos de lajes pré-moldadas e dois tipos de material de preenchimento: São as lajes em vigotes comuns e as lajes em vigotes treliçados e os preenchimentos podem ser de cerâmica (tijolo com formato específico) ou de isopor (EPS).

Laje Pré-moldada montada

As Lajes em vigotes comuns são indicadas para vãos de até cinco metros, são as lajes mais utilizadas para projetos residenciais e também apresentam os menores custos.

Laje treliçada

As Lajes treliçadas são indicadas para vãos maiores que cinco metros ou em áreas que receberão uma carga de peso muito alta, estas estruturas apresentam uma ferragem exposta na parte superior dos vigotes, esta ferragem será amarrada a uma esteira de ferro que cobre toda a superfície da laje, sendo todo este material fundido com o concreto.

Laje treliçada com preenchimento em cerâmica

O preenchimento de cerâmica, popularmente chamados de tijolos de laje, são os mais utilizados e os de menor custo, porém tem a função única de preenchimento, eles serão posicionados entre vigotes, preenchendo os vãos para que o concreto possa ser aplicado sem escoar.

Laje treliçada com preenchimento em EPS (Isopor)

O preenchimento em EPS, ou isopor, vem ganhando força na construção civil, apesar de apresentar um custo superior ao da cerâmica e requerer maiores cuidados na concretagem, a fim de não quebrar as peças, seu encaixe ocorre da mesma forma que a cerâmica sendo comercializado em peças pequenas ou no comprimento do vão. A grande vantagem apresentada pelo material é o isolamento térmico.

Escolhido o tipo de laje e o material de preenchimento, é hora de montar a laje. Toda laje pré-moldada deve ser entregue com um projeto de montagem, inclusive especificando a ferragem que será colocada na estrutura. Laje montada e bem escorada é hora da concretagem, a chamada capa da laje que pode variar de 5cm a 10cm de espessura.

Na hora da concretagem evite aquele famoso mutirão de amigos, o serviço perde em qualidade, o desperdício é muito grande e o famoso churrasco no fim do serviço sai caro, maior até que o preço do concreto pronto. Contrate uma empresa de concretagem e seu pedreiro só terá o trabalho de espalhar o concreto, além de garantir um concreto homogêneo e de maior qualidade em sua laje.

Para o Concreto usinado escolhemos a SUPERTEX, que atende no RS e SC e tem sede na Grande Florianópolis, esta empresa apresenta a melhor relação custo/benefício da região.

Nosso projeto prevê duas lajes, uma laje no baldrame, ou seja, aquela que servirá de piso para a casa, e a laje da cobertura. Para o baldrame escolhemos a laje treliçada, por apresentar maior resistência, com preenchimento em cerâmica, veja as fotos da montagem da laje.

Laje montada é hora de concretar, a chamada capa da laje, nossa laje tem 7cm de espessura de capa, e o concreto utilizado foi o da SUPERTEX, concreto de excelente qualidade, bom preço, e com a bomba de concretagem ele é despejado no local exato, desta forma o tempo de concretagem é muito reduzido e o desperdício de concreto é praticamente zero, veja as fotos da concretagem da laje do baldrame.

Com as paredes levantadas está na hora de montar a laje da cobertura, nesta etapa você terá um gasto considerável com madeiramento, é preciso montar as formas para as vigas, colocar as ferragens no interior destas vigas e preparar os apoios para a montagem da laje. Estes apoios são, basicamente, a colocação de tábuas no sentido inverso ao dos vigotes pré-moldados da laje, chamadas de longarinas, estas estruturas são apoiadas a cada um metro por uma escora, este processo é essencial para que a laje não venha a ceder com o peso do concreto e estas estruturas devem ser mantidas até a completa secagem do concreto, cura, o que pode levar de 15 a 30 dias.

Estrutura de apoio pronta segue-se para a montagem da laje pré-moldada, esta etapa é bastante rápida e no mesmo dia você verá sua laje pronta para receber o concreto, mas antes deverá deixar as esperas para a tubulação hidráulica e passar toda a tubulação elétrica pertinente.

Laje montada e bem escorada, tubulação hidráulica e elétrica pronta é hora do concreto, em nossa casa contamos com a SUPERTEX para o serviço, foram utilizados 17,5m³ de concreto bombeado, o pessoal SUPERTEX utilizou a bomba lança que pode levar o concreto há grandes alturas e despeja o material no local exato, economizando tempo e evitando o desperdício do transporte convencional.

Telhado

 

O telhado é um item importante e que requer mão de obra especializada, um telhado bem feito dá beleza para sua fachada, deixa sua casa arejada e livre de infiltrações. Primeiro você deve definir o design, quantas águas terá seu telhado, quanto mais quebras mais bonito fica. Uma grande dúvida é escolhar o tipo de telha, vejamos alguns modelos:
- Telha Marselha ou Francesa: adequadas para regiões que apresentam ventos fortes ou nas inclinações aladeiradas, já que possui encaixe em suas bordas e relevo na parte inferior para, se necessário, prender às ripas.
- Telha Colonial: tem formato côncavo. Compostas de argila são assentadas em fileiras com posição invertidas. Assim, o encaixe é fácil. Indicada para escoamento de águas pluviais.
- Telha Romana: Um dos modelos mais populares, de baixo custo. De formato plano, o encaixe também é feito por telhas do mesmo modelo, em fileiras invertidas.
- Telha Plan: Com formas retas. Variação estética da telha colonial, de modelo mais antigo.
- Telha Portuguesa: própria para acabamentos de telhados ondulados. O encaixe é perfeito e a montagem bastante prática, esta foi a minha escolha.
Telha plana de concreto: Alta resistência e impermeabilidade são os pontos fortes desta telha.

Escolhido o tipo de telha, você tem uma outra escolha a fazer. Qual a cor do telhado?

Contrapiso
O Contrapiso deve ser feito somente após a retirada das escoras da laje, desta forma você não precisa se incomodar com quebras no momento de colocar as escoras da laje e, também, com o concreto da laje que, no momento da aplicação, pode cair sobre o contrapiso.

Outra dica importante é conferir bem as medidas através do nível, essencial para não prejudicar a colocação dos pisos mais adiante na sua casa.

Ainda não chegamos a esta etapa da obra, continue nos visitando e confira novas dicas de como fazer um bom contrapiso com fotos da minha casa.

Instalação Hidráulica



A instalação hidráulica compreende toda a tubulação de água e esgoto de sua casa, ela requer um projeto específico que deve ser aprovado na Prefeitura de sua cidade para ligação com a companhia de água e esgoto de seu município.

Esta etapa deve ser realizada por um profissional qualificado e com produtos de qualidade, pois em caso de problemas com a tubulação os transtornos causados serão muito desgastantes.

Utilize encanamentos das líderes de mercado, Tigre ou Amanco, as quais estão bem a frente de suas concorrentes em termos de qualidade dos produtos.

Na minha casa colocamos tubulação de água quente, a qual segue as mesmas recomendações, sendo que existem dois principais tipos de encanamento para água quente no mercado: Acquatherm da Tigre e PPR da Amanco, o qual optei pelo segundo.

Uma boa dica para a instalação de água e encher a caixa d’água e testar toda a tubulação na busca por vazamentos antes do reboco. Outra dica é colocar a d’água o mais elevada possível e ter uma capacidade de reservatório alta.

Instalação Elétrica



A instalação elétrica residencial pode ser dividida em três fases: Tubulação, fiação e instalação de lâmpadas e tomadas. A tubulação elétrica deve ser executada desde o alicerce, pois ela passa entre o baldrame e fica coberta pelo concreto e diversos pontos, principalmente na laje da cobertura, paredes e até sob o contrapiso. Procure colocar mangueiras de qualidade para evitar o amassamento das mesmas, interrompendo a passagem dos fios e causando transtorno a obra.

Conteúdo extraído do site: http://construindominhacasa.com